Associação Portuguesa de Dança do Ventre
APDV novamente premiada em Barcelona
03-02-2013 | por Sara Silva
No dia 31 de janeiro de 2013, bailarinas e amigos chegados da nossa Associação viajaram para a belíssima cidade espanhola de Barcelona para participar, pela terceira vez consecutiva, no Festival Internacional de Dança Oriental que todos os anos decorre naquela cidade, sob organização de Munique Neith e com a participação dos nomes mais sonantes e inspiradores do mundo da Dança Oriental.
Como habitualmente, o Festival teve uma programação de 3 dias: o concurso decorreu no dia 1 de fevereiro, bem como uma das galas com a premiação das vencedoras; o dia 2 foi preenchido com workshops; e o dia 3 ficou reservado à grande gala de encerramento com variadas apresentações de dança oriental.
Em representação da APDV, foram apresentadas a concurso cinco coreografias, das quais três para a categoria Solo Avançado e duas para a categoria Grupo. Em edições anteriores, apenas estavam disponíveis as categorias Grupo, Solo Amador e Solo Profissional; a nova categoria Solo Avançado procurou um melhor enquadramento de todas as participantes.

Participações a solo marcadas por sentimentos de auto-superação
As concorrentes à categoria de Solo Avançado foram Joana Silva, Marta Guimarães e Sara Salazar. Apesar de não terem alcançado o pódio, as três bailarinas partilham um sentimento de alegria e afirmam terem dado o seu melhor.
Joana Silva, aluna da Formação Profissional de Bailarina de Dança do Ventre da APDV, correntemente no nível Intermédio, apresentou-se pela primeira vez a concurso com uma coreografia clássica do tema Mejancy Tito. Usando um traje branco desenhado pela própria e feito pelo Atelier APDV, entrou em palco com véu e mostrou o estilo doce da sua interpretação, marcada de tempos a tempos por algumas sequências lentas e sinuosas. Joana conta que «foi uma óptima experiência ir a Barcelona mostrar o meu trabalho que, apesar de "verde", ainda me deixou feliz».
Marta Guimarães, igualmente aluna da Formação Profissional mas no nível Avançado, também se estreou em concurso nesse dia. Apresentou-se com um vistoso traje amarelo e um véu colorido ao som de uma versão bem ritmada da música Cairo, tão enérgica e acrobática como a própria bailarina, que fez questão de finalizar com uma arriscada queda turca. «Foi um momento de pura emoção em que o nervosismo se transformou em intensidade e me levou a dar o meu melhor», conta Marta; emocionada, diz que «sentir o abraço e o orgulho das minhas Professoras no final fez-me sentir uma vencedora».
Já para Sara Salazar, aluna do nível Avançado da Formação Profissional, esta foi a segunda vez que participou no concurso. Desta vez, apresentou uma versão da música Dansöz Dünya numa interpretação intensa e emocionante, bem a condizer com o seu próprio estilo marcante e cheio de força. Vestiu um luxuoso traje de tom lilás da autoria do Atelier APDV.
Vânia Cezário confessa-se imensamente orgulhosa do trabalho desenvolvido pelas suas alunas e assegura que todo o processo de cada aluna coreografar e se preparar para uma apresentação deste tipo foi uma responsabilidade enorme que cumpriram com sucesso.

Coreografias de grupo da autoria de Vânia Cezário causam sensação
Um dos grupos apresentados pela APDV a concurso era formado pelas bailarinas Filipa Costa, Joana Silva, Sara Salazar e Vera Lima. Apresentaram uma montagem de duas músicas: durante a primeira, Aahat, as quatro bailarinas dançaram com uma bandeja equilibrada no topo da cabeça; quando iniciou o trecho da canção romântica Katar Khaere, pousaram as bandejas e fizeram uma interpretação meiga e comovente. Vestiram trajes de cor coral, da autoria do Atelier APDV.
O outro grupo era integrado pelas bailarinas Diana Costa, Fátima Silva, Irina Ribeiro, Marta Guimarães, Sara Salazar e Vera Ferreira. Com trajes negros imitando couro, também produzidos pelo Atelier APDV, e uma coreografia forte, bruta e poderosa inspirada em motoqueiros e artistas rock, as seis bailarinas mostraram um arrojado Rock Bellydance ao som de uma versão rock de Alf Leyla We Leyla. Desde o início considerada uma escolha improvável e pouco convencional para levar a um concurso de Dança Oriental, acabou por ser a premiada com um terceiro lugar. Vânia Cezário conta que não esperava que esta coreografia conseguisse prémio algum, mas que estava decidida a apresentá-la a concurso para mostrar algo bem diferente do habitual. A ousadia valeu-lhe muitos elogios e o reconhecimento de que o seu trabalho consegue sempre surpreender.

Restantes participações premiadas
Na categoria Grupos, a participação que conquistou o primeiro lugar foi a da Professora russa Anastasia Chernovskaya e suas alunas; o segundo lugar foi atribuído a uma dupla italiana. Na categoria Solo Amador, a vencedora foi uma portuguesa, Catarina Mavilde. No Solo Avançado, todos os prémios ficaram em Espanha: Barbara Medina, Núria Candela e Montse Martínez Oliver. Entre as participantes do Solo Profissional, as vencedoras foram Luciana Acosta (Argentina), Gitza Estrada (México/Espanha) e Negma (Itália). A APDV aproveita para enviar os maiores parabéns a Munique Neith por mais uma fantástica produção e para felicitar todas as participantes do concurso - premiadas ou não, todas estão de parabéns.

Nos dias seguintes, já libertas da pressão do concurso, as nossas bailarinas e Professoras puderam desfrutar dos workshops com Randa Kamel, Dr. Mo Geddawi, Gamal Seif, Amar Gamal, Munique Neith, Bozenka e Amaru Sabat, bem como da amizade e partilha de conhecimentos entre os vários amantes de Dança Oriental que por ali se reuniram.

A APDV não tem palavras suficientes para agradecer o apoio, entusiasmo e carinho de todos os Amigos que acompanharam as nossas campeãs - em presença ou em pensamento - em mais uma enriquecedora jornada.


Warning: Unknown: write failed: Disk quota exceeded (122) in Unknown on line 0

Warning: Unknown: Failed to write session data (files). Please verify that the current setting of session.save_path is correct (/tmp) in Unknown on line 0